quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Ilha das bonecas Mortas

Olá meus queridos leitores, tudo bem com vocês?
Fiquei sumido por uns tempos porque estava viajando e blá blá blá ninguém quer saber. Hoje vou lhes mostrar a Ilha das bonecas Mortas no México. Práticas de enforcar bonecas nas casas, pendura-las em árvores, estacas e espalha-las por toda ilha, tem como objetivo afastar um espirito pertubador.
Essa história começa com um florista chamado Julián Santana Barrera, que dizia que o espírito de uma garota que morreu(1951) afogada na ilha o pertubava, e então começou a pendurar as bonecas em sua casa, que segundo ele, afastou o espírito. Por precaução todos os moradores da ilha começaram a fazer o mesmo, mas Julián morreu afogado(2001) no mesmo local da garota.
 

Algumas fotos:
Hoje em dia o local tornou-se um ponto turistico e vário curiosos vão lá conhecer as milhares de bonecas nos seus mais vários estágios de decomposição. Bonecas velhas, sujas, com teias de aranha, ratos mortos dentro de algumas, cobras dentro de outras. Parecem autênticos cadáveres enforcados ou pregados nas árvores e em outros locais. Há quem pague para ver tudo isto, mas também há quem não queira lá ir nem de graça.
(Não sei vocês, mas deve ser muito daora ir lá a noite)
Au revoir