sábado, 5 de setembro de 2015

FXCKU

Por algum motivo comecei a pensar sobre tudo o que aconteceu até agora. Sobre as pessoas que vieram e se foram, sobre momentos bons e ruins, e sobre como algumas pessoas deveriam levar um soco bem no meio da cara por serem tão idiotas. Acredito que nada na vida acontece por acaso, então esses tipos de pessoas não surgem sem um motivo. É engraçado lembrar de algumas situações porque vejo o quanto mudei desde então. É comum o eu de agora escutar frases como: "Eu gostaria de ser bonita como você", "Queria que os garotos olhassem para mim da mesma forma", "Não entende como você não tem um namorado". Quem realmente me conhece, sabe que sou apaixonada por mim. Narcisismo é o nome disso. Então, não me surpreendo quando escuto essas coisas. Mas falando dessa forma pareço uma garota metida, não? Mas não sou do tipo que se acha mais ou melhor que alguém, apenas gosto de mim. Antigamente não pensava dessa forma, mas essa é uma outra história. Mas onde estou querendo chegar? Bom, por ter essa autoestima, é como se estivesse envolvida por um escudo invisível, onde comentários ruins e desnecessários não pudessem passar, mas vejo que nem todos tem essa defesa. Mesmo que sem intenção, acabo me deparando com mensagens de pessoas que desistem de algo porque outras disseram que ela era incapaz, que dizem que isso não é bonito o suficiente, que acha seus hobbys idiotas ou que tentam te reduzir de alguma forma. Do fundo do coração, eu gostaria de amarrar essas pessoas em um carro e sair arrastando seus corpos por toda a cidade. Se você se deixar levar por esse tipo de gente, você não vai ser feliz, sabe? Você é bonito da sua forma, então não tenha vergonha de quem você é. Se você gosta de fazer algo, não desista por alguém ter dito que você não é bom. Se esforce e se torne o melhor no que você quer ser. Se você gosta de alguma coisa que as pessoas acham idiota, manda tomar no c*, você pode gostar do que quiser. Não se torne mais fraco, se torne mais forte. Em momentos assim você precisa se erguer e seguir em frente.
Hoje, por exemplo, me chamaram para assistir uma matéria na Angélica em que ela teria um dia de Lolita. Eu havia visto comentários horríveis sobre a roupa que estava usando, então por curiosidade resolvi assistir. Esperava por um vestido nada a ver, mas ela estava usando um vestido muito bonito. Fiquei até encantada. E cara, sério, depois voltei para dar uma olhada nas pessoas que estavam criticando, e olha... Acho que alguém não tem espelho em casa para ter noção do quanto ridículo é. Esse tipo de ser se diverte critiando os outros e esquece de olhar para o próprio nariz.  Tão idiota que acho até graça.
A vida é muito curta para se preocupar com o que os outros vão pensar, então aproveite-a ao máximo e sempre dê o seu melhor. Torço por você, e espero ver um sorriso no seu rosto na próxima vez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário